Mato Grosso do Sul, Três Lagoas, Informações | Fale Conosco |

FOLHA ESPORTIVA
   
Atletismo
Basquete
Concursos
EstadualMS
Fotos Vitor Rafael
Futebol
FutSal
Geral
Lutas
Misto
Natação
PLA! e Bola!
Reflexão
Velocidade
Volei
Xadrez

 

Fundesporte e os critérios

Parece que a coisa pode ser boa, mas para isso vai ter qu. . .

 

Clubes de Futebol Amador e a FFMS

Recentemente apareceu em Três Lagoas o eterno pres. . .

 

Artistas da cidade... formados na prática

No último mês, finalmente apareceu essa tu. . .

 

Dayane Muniz corre por fora, mas está mais dentro que nunca!


A Assistente de futeb. . .

 

Querendo trabalhar pode vir para Três Lagoas


Assim está a cidade que é a verdadeira "Dubai" do Brasil, conf. . .
 
: : EstadualMS
em 29/04/2017
Vantagem do empate nas finais não é garantia de título no Sul-Mato-Grossense Company
 

Pelo oitavo ano consecutivo a fórmula do Campeonato Sul-Mato-Grossense Company foi repetida. Nas sete edições anteriores, três vezes o time em desvantagem se sagrou campeão Estadual.

Em 2010, primeiro ano deste formato, o Naviraiense jogava por dois empates e perdeu as duas para o Comercial. 2 a 1 no Virotão e 1 a 0 no Morenão e fim do jejum de nove anos sem títulos do colorado.

Já de 2011 à 2014, o time em vantagem levou a melhor. Em 2011 o Cene venceu o Aquidauanense por 3 a 1 no Olho do Furacão e com a derrota por 2 a 0 no Noroeste, ficou com o título graças a vantagem do empate em pontos e saldo.

Já em 2012, o Águia Negra jogava por dois empates e usou a risca esta vantagem contra o Naviraiense. Empate por 1 a 1 no Virotão e novo empate sem gols no Ninho da Águia deixaram a taça em Rio Brilhante.

Em 2013, o Cene jogava pelo empate mas atropelou o Naviraiense na decisão. Vitória por 2 a 1 no Virotão e goleada por 4 a 0 no Morenão levaram o time de Walter Ferreira ao quinto caneco.

No ano seguinte, o Cene tinha a vantagem do empate e conquistou o bicampeonato após perder o jogo de ida para o Águia Negra por 2 a 1 e reverter na capital por 2 a 0.

Já em 2015 e 2016, o time que tinha a vantagem perdeu a taça. Em 2015, o Ivinhema empatou o jogo de ida com o Comercial por 0 a 0 e precisava de um novo empate para ficar com a taça no Saraivão.

O jogo estava empatado por 2 a 2 até os 48 minutos da etapa final quando Jéferson Paulista sofreu pênalti que Rodolfo colocou na rede e deu ao colorado a nova conquista sul-mato-grossense.

Já no ano passado, o Comercial tinha vantagem contra o novato Sete de Setembro mas sucumbiu diante do rival. Derrota por 2 a 1 no Douradão e por 2 a 0 no Jacques da Luz deram ao time douradense o inédito título.

Em 2017, o Corumbaense joga por dois empates diante do caçula em finais Novoperário. O 1º jogo acontece neste domingo(30) no Morenão e o jogo da volta dia 07 no Arthur Marinho.



Por:
PedrinhoFE

| Compartilhe

 

 

Gostou ? Então comente. Seu comentário será moderado.
 
E-mail:
Nome:
Comentário:
 

 

 

 
     
www.folhaesportiva.com.br
Todos os direitos reservados