Mato Grosso do Sul, Três Lagoas, Informações | Fale Conosco |

FOLHA ESPORTIVA
   
Atletismo
Basquete
Concursos
EstadualMS
Fotos Vitor Rafael
Futebol
FutSal
Geral
Lutas
Misto
Natação
PLA! e Bola!
Reflexão
Velocidade
Volei
Xadrez

 

Fundesporte e os critérios

Parece que a coisa pode ser boa, mas para isso vai ter qu. . .

 

Clubes de Futebol Amador e a FFMS

Recentemente apareceu em Três Lagoas o eterno pres. . .

 

Artistas da cidade... formados na prática

No último mês, finalmente apareceu essa tu. . .

 

Dayane Muniz corre por fora, mas está mais dentro que nunca!


A Assistente de futeb. . .

 

Querendo trabalhar pode vir para Três Lagoas


Assim está a cidade que é a verdadeira "Dubai" do Brasil, conf. . .
 
: : Volei
em 10/05/2016
Programa Viva Vôlei tem lançamento previsto para dia 14 em Três Lagoas
 
 

Com inscrições abertas na segunda-feira (09/05/2016) e prevê a participação de 96 alunos

O Programa Viva Vôlei tem previsão de início em Três Lagoas no próximo dia 14, portanto, neste último sábado (7/05/2016) foi realizado no município, a capacitação dos educadores de educação física que atuam na Sejuvel (Secretaria Municipal de Esportes, Juventude e Lazer), nas escolas municipais , estaduais, no projeto AABB Comunidade e do Centro de Referência Esportiva (CRE).

Para capacitação, esteve presente José Eduardo Amâncio da Mota, o professor Madrugada, Presidente da Federação de Voleibol de Mato Grosso do Sul e Membro da Comissão que coordena os competidores nacionais das seleções de base. Na ocasião, ele falou dos objetivos gerais do projeto que vem ao encontro das necessidades das comunidades de baixa renda. “O projeto é de cunho totalmente social e oportuniza acesso aos jovens à interação, recreação, saúde e lazer por meio do vôlei. São apenas 50 polos no país e Três Lagoas é privilegiada, pois por meio do esporte também é ensinado valores de comunidade a esses alunos”, explica.

O presidente ressaltou ainda que todo equipamento é custeado pela Confederação, com o apoio do Banco do Brasil. “O projeto é renovado anualmente e foi trazido a Três Lagoas graças aos esforços da comissão local do Banco do Brasil, e esperamos que possa ser renovado a cada ano no município para que tenha continuidade”, disse.

Ministrante da Capacitação, o professor, Mauricio Barros ressaltou o preparo dos educadores físicos do município. “São profissionais de alto gabarito e extremante compromissados. Com certeza o programa será muito bem dirigido por esses profissionais”, disse.

De acordo com o Secretário de Esporte e Lazer, Walter Dias - Hulk, o programa vai atender crianças da Rede Municipal de Ensino (REME), promovendo a prática do vôlei e fazendo o trabalho social que é afastar os alunos da criminalidade, sexo precoce, oportunizando maior valorização do jovem em Três Lagoas.

O município deverá atender 96 alunos de 8 a 14 anos, divididos em quatro grupos de 24 e as inscrições começam a partir desta segunda-feira (9/05/2016), nas escolas municipais e na sede da Sejuvel. Ao todo, três mini quadras foram enviadas para a Sejuvel pela Federação de Vôlei do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da CBV.

Viva Vôlei
Criado em 1999 pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), o projeto tem como principais objetivos atender às comunidades de baixa renda em todo o Brasil; educar e socializar as crianças através do esporte; reduzir a evasão escolar; promover a integração e inserção social; afastar as crianças da criminalidade e das drogas; ensinar os valores éticos e morais da cidadania através do esporte; difundir e democratizar a modalidade voleibol em todo o Brasil; estimular o aprendizado do voleibol nas escolas, clubes, praças e condomínios.

Em 2003, a CBV criou o Instituto Viva Vôlei para gerenciar o programa. O Instituto administra uma rede de Centros para a prática do mini-vôlei e além de ser responsável pela entrega e reposição periódica do kit Viva Vôlei, também fornece material técnico, supervisão dos Centros, treinamento e acompanhamento pedagógico dos professores.

Mais de 70 Centros em atividade integram o programa, que atende cerca de vinte e cinco mil crianças e adolescentes de comunidades, gerando cerca de trezentos e cinquenta empregos diretos e indiretos.

Inscrições
Em Três Lagoas, o projeto está previsto para ser iniciado no dia 14 e vai atender 96 alunos de baixa renda, de 8 a 14 anos, divididos em quatro grupos de 24. A partir desta segunda-feira (9), a Sejuvel abre as inscrições nas escolas municipais e na sede da Secretaria.

Fonte: Assessoria de Comunicação/ Sarah Minini

Por:
PedrinhoFE

| Compartilhe

 

 

Gostou ? Então comente. Seu comentário será moderado.
 
E-mail:
Nome:
Comentário:
 

 

 

 
     
www.folhaesportiva.com.br
Todos os direitos reservados